Notas de Economia – Jornal da 105 Notas de Economia – Jornal da 105
Ministro defende teto de gastos e não descarta aumento de impostos O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, voltou a defender nesta ontem a aprovação,... Notas de Economia – Jornal da 105

Ministro defende teto de gastos e não descarta aumento de impostos

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, voltou a defender nesta ontem a aprovação, pelo Congresso, da proposta que cria um teto para os gastos públicos e a reforma da Previdência. De acordo com o ministro, sem as duas medidas o governo terá que aumentar impostos para reequilibrar as contas públicas.
Dívida pública sobe em junho, para R$ 2 trilhões e 950 bilhões
A dívida pública federal brasileira, que inclui os endividamentos interno e externo do governo, subiu 2,7% em junho, para R$ 2 trilhões e 950 bilhões, informou o Tesouro Nacional. Em maio, o endividamento público havia somado R$ 2 trilhões e 870 bilhões.
O aumento da dívida pública em junho está relacionado com a emissão líquida de títulos públicos, ou seja, acima do volume dos resgates.

Verizon anuncia a compra do Yahoo por mais de US$ 4 bilhões

O Yahoo anunciou ontem sua aquisição pela Verizon, empresa de telecomunicação dos Estados Unidos, por US$ 4 bilhões e 830 milhões. A transação inclui apenas a operação do Yahoo e não os ativos da empresa na Ásia.
A previsão é que a compra seja concluída em 2017.

Confiança do consumidor avança pelo terceiro mês seguido

A confiança do consumidor aumentou pelo terceiro mês seguido. O indicador da Fundação Getulio Vargas (FGV) subiu 5 pontos de junho para julho, passando de 71 para 76 pontos.
O índice avançou porque melhoraram as avaliações dos consumidores sobre a situação atual e sobre os próximos meses.

Inadimplência das empresas sobe 12% em junho

A inadimplência entre as empresas aumentou 12% em junho na comparação com o mesmo mês de 2015, segundo pesquisa divulgada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). No entanto, as instituições destacam que o indicador vem crescendo com menos força. Na comparação com maio, a inadimplência caiu 0,70%.

Juros do cheque especial sobem e chegam a 13% ao mês

Os juros do cheque especial tiveram a sexta alta consecutiva. A taxa média subiu de 13,37% para 13,46% ao mês.
Com essa taxa média, uma dívida de R$ 1 mil no cheque especial, depois de um ano, passa a um valor de R$ 4,550. No empréstimo pessoal, para R$ 2,165.

Em crise, Brasil quer atrair mais capital chinês

Uma forte onda de investimentos de companhias chinesas no Brasil é esperada para os próximos meses, sobretudo em infraestrutura e commodities. Para o leilão de transmissão de energia, previsto para setembro, grupos chineses e outras multinacionais foram convidados para participar.

No comments so far.

Be first to leave comment below.

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas