Polícia Federal desarticula quadrilha que prometia fraudar urnas eletrônicas Polícia Federal desarticula quadrilha que prometia fraudar urnas eletrônicas
A Polícia Federa deflagrou a operação Clístenes, em três estados e no Distrito Federal, para desarticular uma organização criminosa que prometia a candidatos fraudar... Polícia Federal desarticula quadrilha que prometia fraudar urnas eletrônicas

A Polícia Federa deflagrou a operação Clístenes, em três estados e no Distrito Federal, para desarticular uma organização criminosa que prometia a candidatos fraudar urnas eletrônicas nas eleições municipais deste ano. Envolvidos cobravam R$ 5 milhões para burlar eleição para prefeito e R$ 600 mil para adulterar votos para vereador. Três pessoas foram presas, duas no Distrito Federal e uma no Rio Grande do Sul.
A chefe do cartório da 62ª Zona Eleitoral de Guaramirim, Griselda Cury Mafra, fala sobre as etapas de segurança presentes nas urnas.

Os presos na operação vão ser indiciados pelos crimes de estelionato e organização criminosa. Eles serão julgados pela Justiça Federal e podem pegar de 4 a 13 anos de prisão.

No comments so far.

Be first to leave comment below.

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas