Luciano Hang desiste de disputa eleitoral, mas promete ser um ativista político nas eleições Luciano Hang desiste de disputa eleitoral, mas promete ser um ativista político nas eleições
Na semana do 226º aniversário de morte de Tiradentes, Luciano Hang lançou um vídeo em sua página no Facebook conclamando o patriotismo brasileiro para... Luciano Hang desiste de disputa eleitoral, mas promete ser um ativista político nas eleições

Na semana do 226º aniversário de morte de Tiradentes, Luciano Hang lançou um vídeo em sua página no Facebook conclamando o patriotismo brasileiro para as Eleições 2018. Sem partido, o empresário está definitivamente fora da disputa nas urnas, mas não à margem do processo eleitoral. A isenção partidária, segundo ele, é oportuna ao seu objetivo: usar o poder influência que tem, especialmente nas redes sociais, para promover a consciência do voto e, assim, tentar melhorar o Brasil.

Quer participar do grupo de informações da 105 FM no WhatsApp? Clique aqui

O vídeo foi gravado em frente ao Centro Administrativo, em Brusque/SC. Diante dos colaboradores e com o Hino Nacional ao fundo, o empresário compara a realidade tributária do Brasil de Tiradentes com a de hoje. “Tiradentes foi morto porque não concordava em pagar o ´Quinto´, imposto de 20%, para a Coroa Portuguesa. Hoje, a carga tributária é de quase 50%. E nós, o que estamos fazendo a respeito? Trabalhamos cinco meses por ano para pagar impostos e não temos saúde, educação, segurança e estradas. Em 2018, temos a oportunidade de promover a mudança que precisamos, para que o Brasil deixe de ser o País do futuro e seja o País do presente”, afirma.

Na página pessoal no Facebook, que conta mais de 830 mil seguidores, o empresário tem disseminado duras críticas ao que emperra o desenvolvimento do Brasil, a exemplo da corrupção, da burocracia e da carga tributária. Tem, também, histórias inspiradoras e exemplos positivos de gestão administrativa e financeira, para mostrar ao público que a recuperação do País passa pela ética, a competência, a qualificação e o compromisso dos candidatos com o seu eleitorado.

Nesta campanha estão previstas outras iniciativas, como palestras e bate-papos nas comunidades. Internamente, os 12 mil colaboradores da Havan adotarão como uniforme uma camiseta verde com a inscrição: “O Brasil que queremos só depende de nós”. Tudo isso para despertar o civismo e o patriotismo nas pessoas, incentivando uma participação mais crítica e consciente dos brasileiros nas Eleições 2018.

“Queremos um Brasil melhor, mais desenvolvido, com melhores oportunidades para todos. Isso passa obrigatoriamente pelo resultado das urnas. É hora de renovar, de eleger pessoas novas e com perfil de gestão, da Presidência da República ao deputado estadual. Precisamos ter consciência e saber escolher quem nos representa. Mas também, queremos mostrar a nossa responsabilidade em saber acompanhar, fiscalizar e cobrar os eleitos, durante os próximos quatro anos, para que trabalhem pelo povo brasileiro, com respeito, dignidade e competência”, diz o empresário.

Foto: Claudia Baartsch / Agencia RBS

No comments so far.

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Pular para a barra de ferramentas