Últimos dias para visitar a Feira do Livro de Jaraguá do Sul Últimos dias para visitar a Feira do Livro de Jaraguá do Sul
A 13ª edição da Feira do Livro de Jaraguá do Sul entra no último fim de semana de programação. De acordo com o coordenador... Últimos dias para visitar a Feira do Livro de Jaraguá do Sul

A 13ª edição da Feira do Livro de Jaraguá do Sul entra no último fim de semana de programação. De acordo com o coordenador geral, João Chiodini, cada uma das sessões de contação de histórias, num total de 12, reuniu média de mil estudantes. O agendamento de visitação das escolas atingiu a meta dos 20 mil estudantes previstos pela comissão organizadora. Chiodini disse que a forma de relacionamento e agendamento com as escolas deve mudar na próxima edição, quando mais estudantes (de 26 mil a 30 mil) terão oportunidade de visitar a feira.

O painel da noite de ontem (15) com o tema: Intolerância em tempos de internet, com Cícero Dittrich, Darwinn Harnack e Marco Antônio Murara, teve o grande teatro, com 724 lugares, sem contar o mesanino, praticamente lotado. O escritor Paulo Lins estaria hoje no evento, mas cancelou sua participação e foi substituído por Gelson Bini, que falará sobre Literatura, rock e resistência.

Quer participar do grupo de informações da 105 FM no WhatsApp? Clique aqui

A Feira do Livro ocorre no galpão de leitura, na Scar, e oferece livros com preços a partir de R$ 5,00. O evento segue até o dia 18 com entrada e estacionamento gratuitos, show, espetáculos e debates, literatura, dança, teatro e música. A programação ocorre das 9 às 21 horas, de segunda a sexta-feira; das 9 às 19 horas, aos sábados; e das 10 às 18 horas, aos domingos.  A programação completa pode ser conferida aqui.

Programação

Sexta-feira (16)

Contação de histórias: João, Joãozinho, Joãozito o menino encantado, com Vinicius da Cunha, de Jaraguá do Sul, às 8h30, 10, 14 e 15h30, no Grande Teatro. João é um menino curioso e inteligente que ama os animais. Sua curiosidade o faz descobrir os livros, uma paixão que o acompanhará por toda a vida;

28° Concurso de Declamação, às 8h30 e 13 horas, no Pequeno Teatro;

Bate-papo
Literatura, rock e resistência, com Gelson Bini.

Sábado (17)

Contação de histórias: Histórias para encantar, com Gelson Bini, às 10 e 16 horas;

Bate-papo
Livro Mulher Coach, com Kelly de Moraes, às 14 horas, no Pequeno Teatro

Voltado especialmente para crianças de 1 a 6 anos, o espetáculo conta a história de duas pessoas que vivem em universos diferentes: ele na terra; ela, no mar, e que buscam a ajuda da plateia para se encontrar. Utiliza como ferramenta técnica a projeção digital atrelada ao som, meio que viabiliza uma linguagem sensorial e diversas possibilidades entre cena e plateia.

Show
Cirandinha, com Nana e Lucas Toledo, às 17 horas, no Grande Teatro

Um trecho do poema “A Ciranda”, de Mário Quintana, abre esta roda musical de cantigas, brincadeiras, jogo de parlendas e versos vindos da oralidade do folclore brasileiro, além de músicas autorais. No centro da roda, um balaio representa a ciranda no meio do mundo. Dele saem sons, histórias e poemas que iluminam desde uma festa de São João até o mar azul de tantas sereias. Com Lucas Toledo no baixo e percussão e Nana Toledo na voz e violão, Cirandinha oferece oportunidade para o público recordar e ampliar seu repertório folclórico, poético, literário e musical.

Lançamento de livros
15 horas: Vencendo Desafios, de Hélio Fenrich;
18 horas: Ruínas da Consciência, de Rodrigo Domit.

Domingo (18)

Contação de histórias: Histórias para encantar, com Gelson Bini, às 11 e 16 horas;

Espetáculo
O barquinho amarelo, com Eranos Círculo de Arte, às 14 horas, no Grande Teatro

O espetáculo O Barquinho Amarelo conta com dramaturgia original, inspirada no livro homônimo de Iêda Dias da Silva, referência na alfabetização de crianças em escolas públicas no Brasil, nas décadas de 1970 e 1980. Utilizando recursos audiovisuais, o espetáculo faz uma ponte entre gerações, traz ao público brincadeiras, imagens e sonoridades da infância do interior com o que é original em todas as crianças de todas as épocas: o universo imaginativo.

Show de encerramento
Pai: Aço Musical, com Marco Antonio Jaguarito e banda, às 17 horas, no Grande Teatro

Uma vivência musical para toda a família. Jaguarito e sua banda brincam com a inquietude musical e trazem neste show um interatividade entre grandes e pequenas crianças que entendem a música como um elo entre o lúdico e o mundo. Os diversos instrumentos musicais proporcionam versões personalizadas do cancioneiro popular. Há, também, canções autorais.


No comments so far.

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Pular para a barra de ferramentas